Recursos para a Educação em Ciências
    Banca da Ciência | Experimentoteca | Mão na Massa
 

Dia e Noite

Ricardo A. Viana de Lacerda, Artur R. Viana Lacerda, Eloiza H. W. Hieda, Geraldo Majela da Silva, Alexandre Cachone Pinto

Clique para ampliar

Autores

Ricardo A. Viana de Lacerda, Artur R. Viana Lacerda, Eloiza H. W. Hieda, Geraldo Majela da Silva e Alexandre Cachone Pinto,

Resumo

Com o uso de uma bola de isopor de 5 centímetros de diâmetro representando a Terra e uma lâmpada de 150Wats de potência ao centrorepresentando o Sol, pretende-se demonstrar como ocorre os dia e a noite terrestre. Ao ligar a lâmpada, observa-se a iluminação de parte da bola de isopor. Ao girar a bola de isopor em torno d seu próprio eixo reprsentado porum palito de dente e inclinado cerca de 23 graus, fica fácil de discutir como ocorre o dia e a noite em várias regiões do globo e também a variação da duração dos dias e das noites de polo a polo.

  • OBS: As linhas azuis na bolas de isopor representam os trópicos de Câncer e Capricórnio e a vermelha a linha do Equador. Já a linha preta que corta as demais representa o limite de luminosidade da superfície que diferencia o dia e a noite.

    Noções Científicas

  • Eixo da Terra.
  • Inclinação do Eixo da Terra.
  • Rotação.
  • Latitude.
  • Sol da Meia-Noite.
  • Hemisférios.

    Introdução

    A partir do uso deste material didático, pretende-se explicar como e porque ocorre os dias e as noites no planeta Terra. Pretende-se ainda, promover uma discussão com os alunos procurando levantar quais são suas hipóteses acerca do fenômeno natural que promove o dia e a noite e ainda: por que em diferentes pontos da Terra a duração do dia e da noite varia?

    Materiais

  • 1 bola de isopor de 5cm de diâmetro
  • Massinha de modelar
  • 1 tampinha de refrigerante para usar como base das bolinhas
  • 1 clips de papel
  • Uma tomada e um plug
  • Uma lâmpada Incandescente de 150W/127V e um soque portátil
  • Uma caixa vazia daquelas quem são usadas para entregar Esfihas
  • um palito de dente para fixar o eixo imaginário da Terra=23,5º.

    Montagem


    Figura 1 - Soquete e Lâmpada Incandescente de 150w/127v.


    Figura 2 - Tomada embutida por baixo da tampa da caixa.


    Figura 3 - Conectando o soquete na tomada.


    Figura 4 - Nesta posição fica fácil peceber que o dia no hemisfério Sul é mais longo que no hemisfério Norte.


    Figura 5 - Ainda nesta posição nota-se que a área pontilhada que representa o circulo polar está escura em sua maior parte mostrando uma noite longa.


    Figura 6 - Visto desta posição, percebe-se que o traço azul representa uma parte pequena da superfície neste polo, podemos concluir nesta simulação que o dia é curto.


    Figura 7 - Durante a simulação podemos perceber que sempre cerca de 50% da superfície é iluminada pela lâmpada, mas por conta da inclinação do eixo de 23 graus, existem as variações da duração dos dias e das noites.


    Figura 8 - Vista desta posição, a outra metade do globo é noite.


    Figura 9


    Figura 10 - Nesta figura, a linha contínua representa o dia mais curto e a pontilhada a noite mais longa.


    Figura 11 - Nesta figura a linha contínua representa o dia mais longo e a pontilhada que está atrás, a noite mais curta.

    Situação-Problema

  • Porque não ocorre o Sol da Meia-Noite no Pólo Sul e Pólo Norte ao mesmo tempo?
  • Quando o dia e a noite são mais curtos?

    Experiências dos Alunos

    Discutir em grupo e Levantar hipóteses sobre a inclinação do eixo da Terra e sua rotação e duração de tempo de uma volta completa em torno de si mesma.

    Acordo Coletivo

    O dia e a Noite depende da rotação da terra e o seu eixo de inclinação.

    Formas de Registro

    Os alunos podem registrar as observações e suas hipóteses no caderno em forma de escrita e/ou desenhos.

    Organização da Classe

    Os alunos devem sentar-se em volta da caixa e discutir as obervações e depois, organizar em grupos de 5 alunos no máximo para a conlusão do trabalho de observação.

    Informações Adicionais

    O professor pode pedir aos alunos que complementem a aula, fazendo pesquisas sobre o que promove o dia e a noite no nosso planeta em bibliotecas, internet ou até mesmo fazendo entrevistas com o público em geral, dentro e fora da escola. O professor também poderá pedir aos alunos que pesquisem na internet ou revistas de divulgação científica, sobre o dia e a noite em outros planetas do Sistema Solar.

    Bibliografia

    CANALLE, João Batista Garcia. Oficina de Astronomia Online. Instituto de Física, UFRJ. Disponível em: http://www.oba.org.br/cursos/astronomia.

    Vídeo

  • Veja este vídeo!
  • observação: Esta série foi produzida em 1994 e refere-se ao hemisfério norte e Plutão não é mais considerado planeta, ele foi rebaixado para planeta-anão!

    Dados adicionais

    Grupo de Usuários:  

    151991984,227116288,21476249,87412275,102185724

    Tema Gerador:  

    Dia e Noite

    Nível:  

    Ensino Fundamental II

    Duração:  

    02-Aulas

    Área:  

    astronomia

    Tema:  

    Dia e Noite

    Tópico:  

    Sistema Terra-Sol

  •  
     

    O CiênciaMão é um projeto de extensão universitária da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, com apoio da Universidade Federal de São Paulo e das entidades abaixo listadas. É coordenado pelo grupo de pesquisa Interfaces. Constitui-se em um repositório de recursos para a educação em ciências, voltado para educadores em geral. Os itens listados são cadastrados manualmente em um banco de dados, de acordo com diretrizes editoriais da coordenação do projeto.

     

    EFLCH
    Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

     

    EACH
    Escola de Artes, Ciências e Humanidades

    Financiamento e apoio:


    UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
    Copyright © 2006-2013 Universidade de São Paulo - Todos os direitos reservados