Livros de Ficção Científica

O Homem das Profundezas

Arnold Federbush

Clique para ampliar

Descrição

A integração - total - do homem com o mar. A aventura de Colin, quando não mais se sentiu em condições de conviver na sociedade humana. Sua luta pela vida, no fundo do oceano. Maravilhas, sobressaltos, descobertas. Um tanto de Júlio Verne e de Jacques Cousteau ao mesmo tempo. Colin busca as origens, a fonte principal de todos os seres vivos. Pouco a pouco se modifica, evolui - mas segundo as implicações do meio-ambiente marítimo, subaquático. O que se passa com Colin? Que será dele sem o mar?

Orelha

Ele se chama Colin. Sua aventura dificilmente se esquece. Vivia em um mundo injusto, poluído, repleto de violência, de orgulho ou - como diz o poeta - '' de agitação feroz e sem finalidade''. O nosso mundo, afinal, e apesar de tudo. Um dia a explosão ocorre. Tudo piora, mais ainda, para Colin. Que fazer agora consigo mesmo, com o seu corpo, onde se vive exigindo eficiência física, beleza, perfeição?

Por algum tempo, procura a convivência dos bichos, a leitura, a poesia. Percebe, aos poucos, que tanto ele como tudo o que o rodeia provém do mar ou o busca, de alguma forma, na sua imensidão. O mar, a mãe, o princípio e o fim, o vasto ventre, a continuidade. Colin pesquisa, e se envolve até as entranhas. Sua consciência viva se agita no oceano e funde-se com ele, pentera-lhe os mistérios, o universo de plantas e animais imprevisíveis e silenciosos e - com toda certeza - sem nenhum projeto deliberadamente destruidor.

Ganha uma amiga, ao longo da experiência. Amiga que aceita as suas diferenças e o acompanha a toda parte, interessada, afetuosa, e ainda mais fascinada pelo mundo aquático do que Colin. É bela a relação de ambos com o meio, com os outros seres, com a vida. Há encontro, há integração, e um dinamismo equilibrado, dentro das leis estritas da natureza. Com o tempo, novas mudanças se processam em Colin. Em que medida está ganhando ou perdendo, enquanto se transforma? É preciso segui-lo no seu mundo, deslizar através de suas novas condições, amar o mar como ele.

A história assenta em base sólida de pesquisa e informação. O autor consultou documentos, entrelaçando invenção ficcional e realidade científica. Sobre Colin, no entanto, ficarão muitas perguntas sem resposta. Sua opção se identifica com diversas outras que fazemos. Dessas, porém, que não deixam margem a que se possa voltar atrás. Talvez tenhamos de saber, junto com Colin, se os resultados conseguidos merecem o nosso esforço, e tanta entrega.

Dados adicionais

Autores: Arnold Federbush

Título Original: The Man who Lived in Inner Space

Origem: EUA

Editora: Nova Fronteira

Cidade da Editora: Rio de Janeiro

Ano de Publicação: 1977

Ano de Publicação Original: 1973

Número de Páginas: 179

Edição: 1. ed.

Modalidade: Romance

Como Obter

Livrarias

Internet

Sebos

Usado

INTERFACES E NÚCLEOS TEMÁTICOS DE ESTUDOS E RECURSOS DA FANTASIA NAS ARTES, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E SOCIEDADE
Copyright © 2006-2015 Universidade de São Paulo - Universidade Federal de São Paulo
Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP
Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNIFESP
Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da UNIFESP
Todos os direitos reservados

Financiamento e apoio: