Atividades de Ciências da Natureza

Projeto Gota Legal: Aula Prática de Educação Ambiental no Cientec

Hermom Reis Silva

Clique para ampliar

Resumo

Realizada em uma APA (Área de Proteção Ambiental) no Parque de Ciência e Tecnologia da USP, esta aula tem por finalidade a abordagem do equilíbrio ecológico do recurso florestal para a manutenção de outros recursos, dentre eles a água. Promovendo ao aluno o conhecimento da importância de áreas remanescentes de biomas como a Mata Atlântica, local onde se encontra o CIENTEC, que preservem a fauna e a flora para a manutenção de corpos de água, como por exemplo, a nascente e parte do Rio Ipiranga. Em uma proposta de ensino de Educação Ambiental onde a sistematização dos fatores físicos, químicos, biológicos e as interações humanas, bem como a interação dos diversos ambientes, urbanos, rurais e naturais para a composição do planeta, requer um estudo interdisciplinar para o oferecimento de uma aprendizagem significativa. Portanto esta aula faz parte de uma seqüência de aulas apresentadas e desenvolvidas durante um projeto de Educação Ambiental, o Gota Legal, aplicado na E. E. Duglas Teixeira Monteiro, São Paulo capital, para crianças da 5ª à 8ª séries do Ensino Fundamental II, no ano de 2008.

Objetivos

Com a finalidade de propor a interação e o equilíbrio dos ambientes para a qualidade de vida, bem como a manutenção e de um recurso através de outro, os objetivos iniciais desta aula são:

  • Conhecer e compreender a importância do recurso florestal, bem como as matas ciliares, para a preservação de um corpo de água, como por exemplo, um rio;
  • Conhecer e compreender a importância que um recurso natural exerce sobre o outro;
  • Relacionar problemas como os de enchentes como uma das causas a ausência de matas ciliares em torno de rios e córregos urbanos. Além de compreender que o asfalto e o concreto na cidade dificultam o escoamento da água da chuva;
  • Despertar no aluno o senso crítico para a reflexão sobre a manutenção das APA, para a preservação da fauna e flora como patrimônio natural, além da importância que os recursos florestais exercem sobre os recursos hídricos. Ou seja, despertar a importância de se preservar e saber utilizar as áreas de mananciais principalmente nos ambientes urbanos para a preservação da água para o consumo.

    Estrutura da Atividade

    Para a realização desta atividade sugerimos que o professor prepare o aluno com aulas teóricas, de maneira que esta não seja a única aula. Pois, sendo esta a única aula a ser apresentada pelo professor, sem que haja uma aula introdutória ou uma aula conclusiva, certamente serão geradas diversas concepções alternativas no processo de aprendizagem sobre o equilíbrio ecológico dos Recursos Naturais.

    Logo, sugiro que esta aula deva ser incluída em um projeto que vise à educação ambiental como uma proposta de ensino, e não como um simples momento que propicie uma atividade pedagógica.

    No Projeto Gota legal esta aula ocorre após um módulo que visa o conhecimento da Natureza, Ambiente, Meio Ambiente Especifico, as interferência antropocêntrica, o período histórico, as tecnologias envolvidas no processo da evolução humana e o surgimento de impactos ambientais que comprometeram os Recursos Naturais. Esta aula se refere à parte do projeto que visa o conhecimento do equilíbrio e a sistematização dos Recursos Naturais, bem como as importantes interações ocorrentes entre eles que condicionam a qualidade de vida num todo.

    Organização da Classe

    A sala pode esta dividida em pequenos grupos que proporcione uma melhor observação do ambiente e da aula em si. Entretanto, é importante que toda sala esteja junto ao professor. Pois esta atividade dura em média 1 hora e diversos fatores como a distancia propiciam para que não haja diviso da sala e mais de uma equipe.

    Formas de Registro

    Para a presente atividade o professor pode propor um trabalho desenvolvido em grupo de 4 a 6 alunos. Este trabalho pode ser estruturado da seguinte forma:

  • Uma pesquisa sobre a importância dos recursos florestais, bem como as matas ciliares, para o abastecimento de rios, lagos, represas entre outros;
  • A conseqüência da ausência deste recurso, bem como áreas arbóreas e matas ciliares;
  • A importância de APA para a preservação da fauna e flora, entre outros tópicos.

    Introdução

    Sendo um dos princípios de Educação Ambiental considerar o ambiente em sua totalidade, bem como os aspectos naturais, social, histórico, culturais, técnicos, morais e estéticos, esta atividade pretende desenvolver habilidades no aluno que o condicione a compreender a importância do equilíbrio ecológico entre os recursos. Onde o equilíbrio entre os recursos florestal e o recurso hídrico é de extrema importância para o abastecimento de corpos de água como um rio, riacho entre outros. O ambiente para a realização desta aula de campo se faz na trilha ecológica em torno do rio Ipiranga. Esta região é uma região arbórea, de vegetação reflorestada e nativa. O abastecimento do rio depende da presença desta reserva remanescente de Mata Atlântica. Ou seja, é importante que o professor utilize esta aula para dar inicio a um projeto de educação ambiental, ou ainda, inclua esta aula em uma seqüência de aulas. Pois, as aulas teóricas sobre biomas e ambientes naturais são d extrema importância para a boa compreensão desta aula de campo.

    Durante a trilha ecológica o professor pode ensinar sobre a importância da mata para a absorção da água da chuva, sendo este processo de extrema importância, no ciclo da água, para a existência de aqüíferos e rios. Além de interferir no clima da região. Durante o percurso o professor pode falar sobre a impermeabilidade do solo urbano. Quando a presença de asfalto e concreto impede a infiltração da água da chuva e proporciona a existência de enchentes. Além do avanço populacional em torno das represes Bilings e Guarapiranga e os impactos ambientais gerados no abastecimento de água destes reservatórios naturais quando têm sua mata ciliar reduzida.

    Material

    Aos alunos caberá levar cadernos para anotações e o professor sugerimos uma máquina fotográfica para registrar os principais momentos deste estudo do meio.

    Montagem

    Informações na estrutura da atividade.

    Procedimento

    Para a realização desta atividade o professor de entrar em contato com o Parque Cientec pelo telefone: 011 – 50776304, ou 011 5073-0270, ou pelo email parquecientec@usp.br, e agendar uma visita. Neste agendamento para a realização desta atividade, que se refere a uma trilha ecológica em torno do rio Ipiranga e a importância das flora para o seu abastecimento, deve-se solicitar a visita a Mini Bacia Hidrográfica com Vertedouros.

    Situação-Problema

    Para a questão do equilíbrio ecológico entre o recurso florestal e o hídrico sugiro as seguintes questões que despertem curiosidade e “espírito” investigativo nos alunos:

  • Há alguma relação entre o abastecimento de água e a presença da vegetação em torno e próximo de rios?
  • Nos ambientes urbanos a ausência de matas ciliares em torno de córregos e rios e próximo a estes em tempo de chuva faz alguma diferença?
  • De que forma podemos contribuir para diminuição de encetes e colaborar com o equilíbrio do meio ambiente em relação a preservação das áreas verdes, qualidades das águas e diminuição de enchentes nos ambientes urbanos?

    Hipóteses

    Sugiro as seguintes hipótese:

  • Existe uma dependência e uma manutenção constante de um recurso, ou recursos, naturais em relação ao outro, ou outros.
  • A presença cíclica desta ocorrência pode ser interferida e prejudicada pelas ações humanas quando mal planejadas. Entretanto, cabe a nós, referente às nossas ações constante realizados no meio ambiente, mudarmos atitudes e valorizarmos o meio ambiente.

    Elementos Para Testar as Hipóteses

    Para confirmação de nossa hipótese será necessário não apenas uma atividade, e sim a elaboração de um projeto de educação ambiental que vise o ensino de conteúdos didáticos, valores e atitudes. Com a finalidade de não só compreender a importância do equilíbrio ecológico entre os recursos naturais e sim propiciar uma formação que vise a cidadania ambiental.

    Clique para ampliar
    Figura 1 - Aula de Campo no Cientec

    Ações dos Alunos

    Sugiro que os alunos realizem anotações durante a atividade e que o professor crie questões incentivando a participação dos alunos.

    Observações

    Por se tratar de um projeto interdisciplinar o professor pode ser de qualquer área do conhecimento, e ainda convidar professores de diferentes áreas para a participação conjunta da aplicabilidade desta proposta de ensino.

    Resultados

    Caberá ao professor requerer dos alunos a realização de um trabalho que envolva o objetivo desta atividade, o equilíbrio entre os recursos naturais, principalmente o florestal e o hídrico, e os possíveis impactos ocorrentes no ambiente urbano propiciado pela ausência das arvores e das matas ciliares em torno dos rios córregos, entre outros. Logo os resultados esperados são as produções dos trabalhos, bem como o aproveito desta atividade como estratégia de ensino de Educação Ambiental para a construção do conhecimento, individual e coletivo.

    Conclusões Coletivas

    Uma roda de discussão entre o professor e os alunos pode versar a colaboração desta atividade e o que os alunos aprenderam com esta aula de campo.

    Questões

    Podemos destacar questões como:

  • Qual o real aproveitamento desta atividade para o ensino/aprendizagem de Educação Ambiental?
  • Qual a colaboração desta atividade para a contribuição de outras propostas de ensino?

    Discussão Pedagógica

    A presente aula não tem o objetivo despertar no aluno um espírito “ecoterrorista”, com a finalidade de condenar o ambiente urbano. Uma vez que um dos maiores princípios da Educação Ambiental é a sustentabilidade, cabe-nos ajudar ao aluno a compreender as causas reais dos impactos ambientais. Conseqüentemente desenvolver competências que possibilitem a tomada de decisões. De maneira que o professor subsidie a formação de cidadania ambiental deste aluno.


    Figura 2

    Discussão de Conteúdo

    Este pode ser o momento da contribuição do professor para a escola, quando bem sucedida a atividade, de maneira que ocorra a apresentação dos resultados em uma reunião pedagógica, exemplo o HTPC.

    Dicas

    Durante o trajeto da escola até o Parque Cientec o professor pode despertar no aluno o senso critico e comparativo da constante ausência de arvores e áreas verde do ambiente urbano, quando comparado com uma reserva.

    Referências

    SILVA, H. R; YNOUE, R. Y. A Importância da Educação nas Escolas do Uso Racional da Água. Programa Ensinar com Pesquisa da Pró-Reitoria de Graduação da USP. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, 2007.

    SILVA, H. R; YNOUE, R. Y. A. Projeto Gota Legal – Educação Ambiental. Programa Ensinar com Pesquisa da Pró-Reitoria de Graduação da USP. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, 2008.

    Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais /Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC / SEF, 1998.

    Noções Científicas

    Este projeto foi financiado e desenvolvido pelo Programa de Ensinar com Pesquisa da USP, 2007 e 2009.

    Habilidades

  • Desenvolver a capacidade de relacionar interações físicas entre os recursos naturais;
  • Correlacionar a ausência do solo impermeável com a presença de impactos ambientais nos ambientes urbanos como as enchentes;
  • Desenvolver a leitura crítica entre a ação antropocêntrica de devastação de ambientes naturais e preservação das APA;
  • Despertar no aluno o desejo de forma opiniões sobre o desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos florestais para a manutenção dos recursos hídricos, propiciando qualidade de vida para essa e futuras gerações.

    Dados adicionais

    Autores: HERMOM REIS SILVA

    Duração: A durabilidade desta aula de campo é de um dia.

    Nível: Ensino Fundamental II

    Termos Científicos: Educação Ambiental - Estudo do equilíbrio ecológico entre os recursos naturais

    Área: EDUCAÇÃO AMBIENTAL

    Tema: A importância das Áreas de Proteção Ambiental (APA)

    Enfoques: Divulgação de material

    Material Didático: Livro paradidático

    Divulgação Científica: Biografias,Textos sobre episódios históricos

    Software: Coleta de dados,Análise de dados

    Como Obter

    Baixar Arquivo Pdf

  • INTERFACES E NÚCLEOS TEMÁTICOS DE ESTUDOS E RECURSOS DA FANTASIA NAS ARTES, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E SOCIEDADE
    Copyright © 2006-2015 Universidade de São Paulo - Universidade Federal de São Paulo
    Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP
    Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNIFESP
    Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da UNIFESP
    Todos os direitos reservados

    Financiamento e apoio: