Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências

A Postura do Professor em Atividades Envolvendo a Leitura de Textos Paradidáticos

Alice Assis, Fernando Luiz de Campos Carvalho


Resumo

Neste artigo analisamos a utilização de textos alternativos por dois professores de Física, a fim de avaliarmos se a postura desses professores propiciou a aprendizagem significativa por parte dos alunos acerca dos conteúdos trabalhados. Assim, analisamos se essa postura viabilizou a articulação entre os novos conhecimentos e o conhecimento dos alunos de forma não arbitraria e substantiva, a fim de promover a referida aprendizagem. Os resultados mostraram que, embora tenha ocorrido aprendizagem significativa por parte dos alunos a partir da sua interação com o texto, a postura do professor não favoreceu essa aprendizagem. Nesse sentido, seria imprescindível que o professor, a partir dos conhecimentos prévios dos alunos, direcionasse a discussão, esclarecesse as dúvidas e sistematizasse as idéias, a fim de propiciar que eles articulassem os conhecimentos presentes na sua estrutura cognitiva com os novos conhecimentos, favorecendo assim a aprendizagem significativa relativa aos conceitos envolvidos.

Links

Artigo Completo

Dados adicionais

Autores: Alice Assis, Fernando Luiz de Campos Carvalho

Volume: 8

Número: 3

Ano: 2008

Como Obter

Baixar Download

INTERFACES E NÚCLEOS TEMÁTICOS DE ESTUDOS E RECURSOS DA FANTASIA NAS ARTES, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E SOCIEDADE
Copyright © 2006-2015 Universidade de São Paulo - Universidade Federal de São Paulo
Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP
Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da UNIFESP
Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da UNIFESP
Todos os direitos reservados

Financiamento e apoio: